Sobre


Criador e diretor Top de Mídia


Jornalista Fernando Freitas, do sonho à realidade



(Por Gilberto Motta)


De como uma inspiração que marcou a juventude de um perspicaz militante da comunicação, somada ao desejo de dar visibilidade e reconhecimento aos empreendedores do mercado catarinense, gerou um evento de sucesso que se repete todos os anos em diferentes cidades catarinenses, o Top de Mídia



Em 2005, Fernando Freitas, na época já com larga experiência em trabalhos na área de comunicação e dirigindo o seu jornal, a Folha do Vale, com sede em Braço do Norte, teve uma inspiração decisiva: criar um evento capaz de unir o glamour das grandes festas sociais e valorizar o trabalho de qualidade de empresários, empreendedores e profissionais liberais dos diferentes segmentos do mercado em Santa Catarina. Assim surgiu o projeto Top de Mídia.

“A minha referência foi o trabalho já cristalizado do colunista Berto Koch e o seu marcante Prêmio Anita Garibaldi. O evento promovido por ele era um marco em toda a região Sul catarinense. Os homenageados eram eleitos por ele mesmo e participaram de um jantar de qualidade, em uma grande festa de reconhecimento aos destaques da sociedade. Mas eu queria mais; queria ampliar a ideia de apenas uma noite de glamour. Surgiu, então, o Top de Mídia”, lembra o criador e diretor do Top.



Primeiros passos e os desafios

Fernando Freitas, apesar de jovem empreendedor, tem como característica o talento, a capacidade de planejar e principalmente a determinação. E, cedo, percebeu que sozinho nada se conquista. “A ideia estava clara. Os objetivos determinados. Então o desafio era viabilizar o projeto. Tive a oportunidade de contar com parceiros extraordinários como o CDL, a Acivale e os empresários de nossa região. O Top de Mídia é filho destas parcerias”, destaca.

Nos primeiros anos, o maior desafio foi planejar e realizar a pesquisa de preferência junto ao público consumidor. Tudo era feito nas ruas, de maneira direta, com pesquisadores nas ruas. Outra parceria importante, logo no começo, foi a da Unisul. Trouxe metodologia à pesquisa e a garantia da seriedade na captação e finalização dos resultados. Todo o processo passava por análise e auditoria constantes.

Em 2006, no segundo ano do projeto, Fernando contratou a Eddata, uma empresa de Criciúma especializada em pesquisa em campo. “A coisa foi ficando maior e exigia mais qualidade e principalmente credibilidade, pois todos sabemos que o mercado já havia sofrido com projetos semelhantes que ficaram desacreditados por deixarem dúvidas nos critérios de votação e direcionamento dos vencedores. Não admitimos isto desde o primeiro momento e seguimos, hoje, nestes princípios”, argumenta Fernando.


O salto para a pesquisa pela internet

Por dois anos, o Top de Mídia Braco do Norte foi “congelado” e o grupo realizou o Prêmio Top de Mídia Regional do Vale de Braço do Norte, abrangendo os nomes dos municípios que concorriam entre si. Também um grande evento de sucesso. Em 2013 veio o grande salto: propor aos consumidores de cada cidade onde o Top de Mídia seria realizado, uma nova modalidade de aferição dos indicados ao prêmio: a pesquisa através da internet.

“O impacto dos meios digitais, em especial da internet, foi decisivo para ampliarmos o Top. Saímos das ruas e fomos para os computadores. Outro passo na direção certa”, comenta ele. E as edições do Top foram acontecendo e o sucesso junto a empresários e à opinião pública também. Em 2014, em Gravatal e Orleans. 2015, em Gravatal e São Ludogero. Já em 2016, os municípios de Grão-Pará e Rio Fortuna. E aí veio um novo desafio de peso, realizar o evento em uma cidade como Tubarão, referência regional. Fernando Freitas fala com emoção. “Foi de dar frio na barriga, mas eu nunca estive sozinho nesta caminhada e já sabíamos da força do projeto Top. Tudo saiu de acordo com o previsto e o evento foi um imenso sucesso com o apoio da Rádio Tubá”, recorda.

Em 2018, várias cidades foram agitadas pelo Top de Mídia: Imbituba, Laguna, Armazém e São Martinho. Em 2019, os municípios de Capivari de Baixo e Santa Rosa de Lima. O evento cresceu ainda mais e chegou à Grande Florianópolis, em Santo Amaro da Imperatriz e Águas Mornas no mês de dezembro.




“Termômetro” de qualidade e reconhecimento

Questionado o que sente quando olha para trás e vê o caminho trilhado, Fernando Freitas resume da seguinte forma. “Parece que começamos ontem, mas tenho total consciência da importância de três fatores decisivos: capacidade de sonhar, humildade em buscar parcerias sadias e garra, determinação; e, claro, um pouquinho de sorte e talento. Sou grato a cada pessoa que direta ou indiretamente faz parte desta família em que se transformou o Top de Mídia. E estamos em plena caminhada. Novos desafios já estão sendo realizados”.


Compartilhe:

Links Rápidos

Atendimento

(48)3658-7373

Redes Sociais

Certificados

  • Google Safe
  • SSL
v.01 Copyright 2021-2022 - topdemidia.com.br · Todos os direitos reservados.
As fotos aqui vinculadas, assim como logotipo e marca, são de propriedades do site (topdemidia.com.br)
É vedada a sua reprodução, total ou parcial, sem a expressa autorização da administradora do site.
Top de Mídia - 01.749.601/0001-64
Desenvolvimento:
Publiart